quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Minha goiabeira está carregadinha... então fiz doce!

Olá!
Eu tive uma infância maravilhosa morando no sítio, em São Pedro de Alcântara (primeira colônia alemã de Santa Catarina). Lá a gente tinha muitos pés de fruta, muito pasto, um rio pra pescar, galinha, porco, boi, etc... Um poço, e um fogão à lenha, claro! Nós morávamos numa casa onde havia uma sala de aula de escola isolada. Meus pais eram os professores. Que saudade... mas essa história eu conto depois.
Eu vivi lá até meus 9 anos. Tenho belas e doces lembranças. Lembro do doce de leite que a mãe fazia... que delícia! E doce de goiaba, ameixa... de tudo. Então... depois nós nos mudamos para a "cidade" , mas ainda assim perto da natureza. Morávamos na chácara de meu avô paterno, que também era cheinha de frutas, tanques de peixe, lagos, flores. Linda!  Esse contato com as coisas do campo ficou em minha mente e hoje em dia tento ter em meu quintal algumas frutinhas. Nem sempre dá certo... mas minha goiabeira cresceu! E está dando muiiiitos frutos!
Tem tanta goiaba que nem os passarinhos dão conta de comer. Resolvi colher algumas e fazer um doce caseiro como os da minha mãe. Mas, não sem antes fotografar cada etapa. Acompanhe!








O processo é demorado, mas compensa. Ficou uma delícia!
Beijos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário